Powered by Blogger.
RSS

Olhar d'alma




                                                        Imagem: br.pinterest.com


"Sim, existem muitos tipos de pintores. Muitos... Mas, ao longo da História, jamais existira um pintor de lembranças, até que Gabriel pensou: do que é que as pessoas mais gostam? De suas lembranças! O que é que faz tanta gente feliz? Lembrar, lembrar e lembrar os melhores momentos de suas vidas...
Serei pintor de lembranças!... "



Há algumas semanas atrás, me deparei com o livro "O pintor de lembranças" resolvi reler e surgiu a ideia: fingir ser uma personagem e imaginar que lembrança gostaria que fosse  pintada. 

Depois de um passeio ao país das minhas recordações, entrei em completo estado de inércia por não conseguir decidir qual teria sido a mais importante.

Da infância a lembrança que ficava indo e voltando era a do meu pai deitado no chão da cozinha fingindo de morto e eu chorando. Quem dera pudesse ele ainda fingir.

De amor de filha direto para o amor de mãe. A primeira olhada? Não, dessa eu tenho foto. Daí comecei a imaginar uma tela em 3D a retratar a primeira mexida dentro de meu barrigão. Xii, melhor não, os outros filhos ficariam enciumados. Outras tantas surgiram...

Será que a escolha ficaria bem mais fácil se não tivéssemos a atravessar atualmente uma grande crise econômica? Poderia ao invés de encomendar uma única tela encomendar várias. Bem feito quem mandou supor que o Gabriel, "o pintor de lembranças", não cobraria barato, mas, nem teria como sua arte ter um preço popular, pois, imagino que não deve ser muito fácil retratar em tela, recordações alheias... 

Depois de algumas semanas resolvi que chegara o momento e sem saber ainda o que retratar me pus a escrever. Ao me deparar com o Gabriel pedi que gravasse em seu coração as palavras abaixo, para traduzir em forma de arte.

A luz que reflete um olhar preenchido de admiração e gratidão atravessa fronteiras além vida terrena.

Darei o nome a essa tela a ser pintada "Olhar d'alma".

Ao terminar de colocar o ponto final acima, abri um livro na biblioteca  da escola e parece que a citação estava a me esperar.

"Se batermos às portas dos corações - acredito que iremos escutar os sons dos movimentos determinantes." (Daisaku Ikeda) 


Claudiane Ferreira

E você qual recordação gostaria de ver retratada em um quadro ?



  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

3 comments:

Henoch Amorim said...

Ola Claudiane, São tantas as lembranças que daria para fazer uma exposição. Desde andar pelas caatingas com os pés descalços vendo a florada dos cactos, a revoada dos pássaros, os Ipês amarelos e roxo e flores e outros.

Poeta do Sertão, A Vida em Poesias said...

Bom dia estimada amiga escritora poetisa lembranças como é bom relembrar os nossos momentos gostei parabéns.

Claudiane Ferreira de Souza da Silva said...

Henoch, obrigada por partilhá-las.Adorei!

Post a Comment

Publicações populares