Powered by Blogger.
RSS

Saudades

...

ontem Ela estava bem aqui
e hoje não a encontraram mais
a morte posicionada bem ali
deu seu toque tornando sagaz

calculando minuciosamente
aqueles passos a serem dados
para Ela que estava sorridente
dizendo adeus aos seus amados

Ela foi trilhar outros horizontes
deixando conosco suas vitórias
aos passos daqueles montes
com toques das suas histórias

passagens assim nunca são fáceis
deixam as marcas com saudades
mas também aqueles incontáveis
momentos ricos de felicidades

homenagem à minha tia avó

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Voo atrás de sonhos

Ergues o olhar
teu beijo desponta no meu peito
não importa até aonde o vento me leva
procuro palavras para ir ao teu encontro...

Há tanta solidão a bordo da minha alma
teu corpo um oceano iluminado
teu beijo espuma de água  salgada...

No silêncio da noite destroçando a lua
o sol nasce no meu peito
voo atrás de sonhos
na esperança que me encontres neles..

Manuel Marques (Arroz)

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Silêncio...

No silêncio do tempo o amor resiste
num momento sem tempo
o tempo dói…

Tudo se esvai na sombra da noite
amor feito de pranto abafado
cada dia o teu amor mais distante...

No vazio que o vazio inunda
carrego o tempo comigo
dá-me as tuas mãos para que não me perca...

Manuel Marques (Arroz)

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Na outra margem do tempo..

O amor dorme no silêncio vazio
no vazio que o vazio inunda
as tuas noites vazias,fazem parte da minha história...

Porque na distância que nos separa
há entre o coração e o tempo
amor por fora e por dentro...

Porque também o amor vive no silêncio
ama-me que é tempo agora
porque o silêncio dói,na outra margem do tempo...

Manuel Marques (Arroz)

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

DESPERTAR





Acordando em indefinido pensamento.
Em sonhos e pesadelos derretidos.
Na sonolência postada em deslizes.
No corrimão da vida.

Buscando a fiação perdida,
na mistura das linhas,
na costura de um modelo,
antes programado e definido,
hoje embaralhado e perdido.

Um caminho a percorrer, 
sem base, direção e sentido.
Fico estático em mortificação,
sem espera de um toque ou presença.

Muitos vagueiam num vai e vem.
Muitos cruzam, mas não se aquecem.
Uns conheço em parte, outros não.
O que ausente persiste é justamente,
o que me faz presença em falta constante.

Pintei em aquarela no gotejar de meus sonhos.
Viajo em rios de tinta num afogar colorido
Tomo-te de vez em meu pensamento...
...
em ausência


mochiaro





  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

VERDADE









VERDADE


O GRITO É A MUDEZ DA VERDADE
O SILÊNCIO É COMO O VAZIO CHEIO
ONDE AUSCULTO A HARMONIA DOS SONS
VINDO DA NATUREZA EM ORQUESTRAÇÃO
LIMPO, PURO, SUAVE, ENVOLVENTE

ASSIM VOU PERSISTIR
NA OBSCURIDADE DO DIA
NA CLARIDADE DA NOITE

DENTRO DE MIM
UM SILÊNCIO GRITA
ECOANDO PARA SENTIMENTOS OUVIDOS
EM VERDADE ACORDADA


mochiaro

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Talvez adormeça-mos lado a lado...



Faz-se silêncio e não há luz
quero de volta o amor que nunca tive
um dia destes chamo-te...

Todas as ilusões me pertencem
não interessa aonde nos leva os sonhos
talvez adormeça-mos lado a lado...

Meu corpo adormece com o teu dentro
rodeado de arame farpado...

Manuel Marques (Arroz)

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Publicações populares